A Perda De Um Grande Amor

A perda de um grande amor, geralmente, é algo traumático para muitas pessoas que acabam esquecendo que existe uma vida para ser vivida. A dor é profunda, mas é preciso seguir em frente!

Nesses momentos tão difíceis, temos que buscar toda a força positiva interior para que continuemos nossa trajetória, de preferência, sem olhar para trás (muito complicado).

Se não tem como restaurar a perda de um grande amor, só nos resta continuar a bela e dura batalha em busca de um novo amor, que é ao mesmo tempo tão subjetivo, mas algo extremamente necessário para que a vida tenha sentido na sua mais pura essência.

A Perda De Um Grande Amor

Será que vale à pena tentar esquecê-la ou é melhor continuar amando sozinho? Sentimentos não me deixam dormir e a cada dia vai ficando mais difícil amar alguém, sabendo que no fim, não vai voltar pra mim!

Se eu soubesse que ia ser tão complicado esquecer momentos que vivemos juntos, eu juro, consertava o passado e não teria errado.

Você, longe agora está!

Se eu pudesse te mostrar o quanto eu estou infeliz, o quanto estou arrependido. O amor que estava em minhas mãos eu simplesmente destruí por que não fui capaz de te fazer feliz.

Te perdi! Quando a noite chega, só lembranças! Meu diário só me fala de você!

Por mais que eu lute contra o coração, não dá pra te esquecer. Fecho os olhos, quase posso te ver voltando pra mim, como se nada tivesse mudado, como se nada tivesse perdido.

Essa lembrança de estar ao seu lado é o motivo para me deixar vivo. Eu esqueço a distância e o momento pra sentir que você está comigo.

Eu não mando no meu pensamento. Só quem ama sabe o que é isso! Você falou pra mim que estaria do meu lado quando eu precisasse. Fui um bobo acreditando em você!

Vai coração, escape dessa ilusão! Eu que fiz tudo e você jogou fora!

Pra quem jurou amor um dia, choro e tento te esquecer. Eu não sei quanto tempo vou levar pra mudar o meu caminho. Mas, será que te esquecer vale à pena ou é melhor te amar sozinho?

“Uma lágrima rolou do meu olho ao perceber que era a última vez que iria te ver.”

Veja também: