Corpos Que Amam

Corpos Que Amam

Corpos Que Amam

Como é bom sentir o seu corpo… saber o seu gosto… e poder te amar.
É um calor que me queima tão fácil… tão bom de sentir
Um sonho que me deixa louco e que me faz aos poucos delirar.
Vendo nos seus olhos meu olhar a refletir.

As ondas do mar lembram cada nosso movimento.
Fato que não agüento ficar somente a pensar.
Meu corpo procura a todo instante aquele sentimento.
Daquela manhã que eu soube de como é gostoso te amar.

A libido é tão forte que nos domina e nos aprisiona.
Almas unidas… mentes perdidas… desejos na pele a florir.
Uma prova para quem acredita em felicidade nunca se engana.
Numa prisão que não dá vontade de fugir.

Lembro cada minuto seu corpo junto ao meu.
Entendo então como o destino é bom para quem sabe esperar.
O medo de enfrentar todo este sonho se perdeu
Quando eu senti o seu corpo… soube o seu gosto e aprendi te amar.

Corpos Que Amam – Autor: Jorge Jacinto da Silva Junior

Corpos Que Amam
Dê Seu Voto!

One thought on “Corpos Que Amam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *