ROSAS VERMELHAS VÍDEO POEMA DE AMOR

POEMA DE MARILENE ANACLETO

ROSAS VERMELHAS
Envoltas em grãos de areia,
Rosas vermelhas na praia,
Oferenda para unir corações,
Oferta para libertar uma alma.
Doação incondicional de amor
Navegam nas ondas, em dança,
Ficam presas na pegada, na areia,
Se já não mais alcançam a onda.
Que sejam libertadas as almas,
Que sejam unidos os corações,
Que não se desperdicem as rosas
Que se doam ainda em botões.

MARILENE ANACLETO

Planilha de Estudos Para OAB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *